Leia
Home / Amazonas / Emprego e renda são prioridades no plano de governo de Luiz Castro

Emprego e renda são prioridades no plano de governo de Luiz Castro

A geração de emprego e renda é prioridade no plano de governo da chapa REDE-PSOL, liderada pelo deputado Luiz Castro e João Tayah, vice. Com alta de 70%, o Amazonas tem a quinta maior taxa de desemprego do País, atingindo milhares de trabalhadores. “Propomos novas alternativas econômicas planejadas, já que nas últimas décadas os sucessivos governos dependeram exclusivamente do Polo Industrial de Manaus, como fonte de economia do Estado”, ressalta Luiz Castro.

O Plano Emergencial da coligação propõe ações de curto prazo para enfrentar o desemprego e o retrocesso econômico no Estado, agravados pela crise nacional. “Vamos criar um Comitê Intersetorial de promoção do desenvolvimento econômico e geração de emprego, com a participação de representantes dos trabalhadores, comerciantes, empresários e de outros segmentos produtivos”, explica o candidato a governador.

As ações incluem um programa de geração de empregos alternativos, com a ampliação das linhas de financiamento da AFEAM para as cooperativas, microempresas e empresas de pequeno porte, inclusive captando recursos de fontes externas, como BNDES e FNO. Paralelamente serão promovidos cursos profissionalizantes com a identificação de vocações e potencialidades econômicas locais.

Luiz Castro propõe a redução tributária para as empresas que aderirem aos programas de incentivo ao jovem aprendiz, ao primeiro emprego, bem como a empregabilidade de mulheres chefes de famílias e de outras pessoas em situação de vulnerabilidade social.

O Plano prevê também a implementação de um programa de compras, serviços e pequenas obras de âmbito local, a fim de gerar emprego e renda nas comunidades, com a contratação de micro e pequenas empresas e cooperativas de trabalhadores.

“Outra alternativa de curto prazo é utilizar os recursos do Fundo de Promoção Social (FPS) em projetos voltados para a maior geração de emprego e renda nas comunidades carentes”, destaca o candidato.

Desenvolvimento econômico sustentável

A médio prazo, o Plano de Governo da REDE-PSOL propõe a elaboração do Plano Estadual de Desenvolvimento Econômico Sustentável, com a participação das entidades científicas, dos empresários, dos produtores rurais, dos agricultores, dos agroextrativistas, de cooperativas, e de outros segmentos sociais, considerando o potencial econômico de cada região do Estado.

A intenção é promover a geração de emprego e renda, em diversos níveis de especialização da atividade econômica, com baixo impacto ambiental e forte retorno social, especialmente nos municípios do interior do Estado.

“É inadmissível que o Amazonas com a maior riqueza em biodiversidade do mundo, se encontre hoje em uma situação de penúria social, com o interior abandonado e as famílias sem perspectiva de emprego e renda”, conclui o candidato Luiz Castro.

Share This:

x

Veja Também

Luiz Castro propõe política de moradia de interesse social

O Governo do Estado investe míseros 0,03% do Orçamento em habitação no ...