Leia
Home / Amazonas / Em troca de cargos Omar diz não aos trabalhadores e sim ao Governo Temer

Em troca de cargos Omar diz não aos trabalhadores e sim ao Governo Temer

O senador Omar Aziz e o governador cassado José Melo concretizaram a aliança com o presidente Michel Temer. Omar, por exemplo, tem votado sim para a maioria dos projetos do governo no Senado. Na polêmica reforma trabalhista, ele decidiu se abster para dar lugar a seu suplente, que votou favorável ao texto do governo que tira benefícios do trabalhador brasileiro.

Para compensar a “parceria”, segundo nota do jornal O Estado de S. Paulo desta quarta-feira, Michel Temer presenteou Omar e Melo com o comando do Distrito Indígena de Parintins. Até então, a ocupante do cargo era uma indicação do senador Eduardo Braga, que vem se posicionando a favor dos trabalhadores e contra as reformas de Temer.

O primeiro golpe de Temer contra o posicionamento de Eduardo Braga foi a exoneração de Rebecca Garcia da superintendência da Suframa, fato que gerou grande insatisfação no meio empresarial amazonense. No lugar da economista, está o engenheiro e advogado Appio da Silva Tolentino, ex-secretário de Omar e indicado do deputado federal Silas Câmara.

Share This:

x

Veja Também

Eduardo Braga anuncia voto contra a Reforma Trabalhista do governo: projeto é inconstitucional e retira direitos dos trabalhadores

O senador Eduardo Braga (PMDB/AM) apresentou, nesta quarta-feira (28/06), na Comissão de ...